Sustentabilidade

Edifício-sede do Sebrae Ceará conquista certificação LEED platinum

O novo selo reforça a preocupação da instituição com a sustentabilidade, com a qualidade do ambiente de trabalho e geração de resultados

O edifício-sede do Sebrae Ceará, na Avenida Monsenhor Tabosa, em Fortaleza, acaba de receber a pontuação “Platinum”, a mais alta da Certificação LEED- Leadership in Energy and Environmental Design, selo que comprova o compromisso das construções com a sustentabilidade e o meio ambiente. A certificação foi entregue ao superintendente do Sebrae/CE, Joaquim Cartaxo, durante o Greenbuilding Brasil Conferência Internacional e Expo 2019, evento realizado, na última segunda-feira (25), no Espaço Cubo Itaú, em São Paulo. 

Considerada a certificação ambiental de edificações de maior reconhecimento internacional e a mais utilizada em todo o mundo, inclusive no Brasil, a LEED tem, no geral, quatro categorias por nível de eficiência: Certified: 40 pontos; Silver: 50 pontos; Gold: 60 pontos e Platinum: 80 pontos ou mais.  A conquista da categoria “Platinum” pelo prédio do Sebrae Ceará confirma o esforço da instituição em garantir para a sua sede a condição de edifício verde, mostrando o compromisso com a sustentabilidade ambiental, social e econômica, além de buscar ser referência para as micro e pequenas empresas do Estado nesta área. 

Para chegar a esta conquista, o prédio, inaugurado em outubro de 1998, passou por uma longa trajetória que começou com três anos de uma reforma que focou, principalmente, na melhoria da sua estrutura física de forma a garantir mais conforto e qualidade de vida a clientes e colaboradores, além de priorizar o uso responsável de recursos como água e energia e a diminuição dos impactos ambientais da edificação, com redução dos custos operacionais. 

Totalmente modernizadas, as instalações reforçaram a preocupação com a sustentabilidade e eficiência energética, a partir da criação de um controle automático de iluminação e ar-condicionado, além de um novo sistema elétrico, com utilização de lâmpadas de LED, instalação de breezes e construção de uma fachada anti-calor, que diminuiu em até 54% a insolação. 

Assim, em 2016, já contando com duas usinas fotovoltaicas que geravam energia equivalente ao consumo da iluminação de todo o edifício, o prédio sede do Sebrae Ceará recebeu a sua primeira certificação: o Selo “A” em Eficiência Energética, expedido pelo Inmetro-Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia- Selo Procel. No ano seguinte, avançando na área da responsabilidade ambiental, o prédio receberia a certificação LEED na categoria “Silver” e agora conquista a recertificação com um aumento na eficiência dos itens avaliados, mostrando empenho não apenas na construção, como também na manutenção e operação do edifício. 

Vale ressaltar que um prédio, para ser certificado como sustentável precisa, também, ser economicamente viável, socialmente justo e culturalmente aceito. Ou seja, contribuir para o crescimento de todas as pessoas envolvidas. E é nesse ponto que o selo conquistado pelo prédio do Sebrae Ceará é ainda mais estratégico.  

“A sede do Sebrae está mostrando na prática que é possível ser sustentável e servindo de inspiração para as pequenas empresas do Estado”, ressalta o diretor de Administração e Finanças do Sebrae Ceará, Airton Gonçalves Junior. “Além da economia provocada pela redução dos custos operacionais, que é importante para os pequenos negócios, as mudanças mostram os benefícios das práticas sustentáveis para a empresa, para os colaboradores e para a sociedade em geral”, enfatiza.