Projeto Nordeste

Empreendedores cearenses participam de evento de Economia Criativa em São Paulo

Eles tiveram a oportunidade de participar de palestras, rodas de conversa e visitas técnicas guiadas

Três empreendedores cearenses tiveram a oportunidade de participar do Evento Nacional de Economia Criativa, realizado no Centro de Referência em Economia Criativa do Sebrae, em São Paulo, nos dias 07 e 08 de outubro. Os empreendedores criativos foram selecionados através de edital lançado pelo Sebrae/CE com o objetivo de proporcionar aos participantes acesso a conhecimento e experiências exitosas em criatividade e inovação, assim como promover um ambiente favorável à formação de redes de contato. A missão foi acompanhada pela gestora do Projeto de Economia Criativa do Sebrae/CE, Diva Mercedes. 

No primeiro dia de programação, os empreendedores receberam as boas vindas do Sebrae e puderem participar de uma programação de palestras e debates. A abertura do seminário contou com a presença da analista de competitividade do Sebrae Nacional, Jane Blandina, da representante do Centro de Referência em Economia Criativa do Sebrae, Sheila Oliveira e do superintendente do Sebrae/CE, Joaquim Cartaxo, coordenador do Projeto Cadeia de Valor da Economia Criativa do Nordeste.  

Na oportunidade Cartaxo, destacou a importância da economia criativa para o desenvolvimento local e regional. "A economia criativa estabelece conexões entre cultura, criatividade, inovação, tecnologia e sustentabilidade com base na valorização da diversidade cultural. Além disso, contribui com a percepção da sustentabilidade como fator de desenvolvimento local e regional, na inovação como vetor de desenvolvimento da cultura e das expressões de vanguarda e na inclusão produtiva para economia cooperativa e solidária". 

O superintendente do Sebrae/CE também fez um histórico do processo de construção do projeto de Economia Criativa do Nordeste, iniciativa da Associação Brasileira dos Sebraes Estaduais – Região Nordeste (Abase Nordeste). “As primeiras ideias do projeto surgiram a partir das iniciativas que eram realizadas nos estados nordestinos, como o Encantos Criativos, em Natal; o Cidade Criativa do Artesanato, em João Pessoa; o Sertão Criativo, em Pernambuco; o APL de Cultura e Redes Criativas, em Alagoas; Em Salvador, o projeto do Candeal, em parceria com o Carlinhos Brown. No Ceará, já tínhamos as rotas turísticas, que dialogam com o artesanato e os negócios criativos, além da parceria com a Prefeitura de Fortaleza para a candidatura da capital à Rede de Cidades Criativas da Unesco, como Cidade Criativa do Desing”. 

Programação 

Durante o evento de Economia Criativa, foram trabalhados os temas Inovação e Sustentabilidade nos Negócios Criativos, Economia Criativa e Empreendedorismo do Futuro, e Negócios Criativos: Oportunidades e Desafios.  O segundo dia em São Paulo foi dedicado à realização de visitas técnicas guiadas na cidade. Na ocasião, os empreendedores foram recepcionados em dois equipamentos criativos, a Fábrica de Criatividade e o inovaBra habitat, onde puderam participaram de três rodas de conversa e um workshop. 

Para a empreendedora cearense Ivina Passos, da Ato Marketing e Produção Cultural, a participação no evento foi uma incrível oportunidade de poder compartilhar as experiências com outros empreendedores criativos do Nordeste. “Estar em um ambiente de inovação e ver o que está sendo produzido na região foi inspirador para que a gente possa compartilhar com as equipes em Fortaleza e pensar em coisas conectadas e também o networking, que realizamos aqui, um mundo de possibilidade se abre a partir desta interação. Vários setores, várias experiências, cada um com seus desafios, mas que a gente consegue se conectar, fazer uma grande rede e empreender melhor”.  

Projeto Nordeste 

A iniciativa de proporcionar esta experiência a empreendedores criativos da região é uma das ações que integram o Projeto Cadeia de Valor da Economia Criativa do Nordeste, iniciativa da Abase Nordeste, em parceria com o Sebrae Nacional e as Unidades Estaduais do Sebrae da região. O Projeto tem o objetivo de promover o fortalecimento dos negócios criativos da região, contribuindo para a geração de emprego e renda no território.