Rota das Falésias

Festival da Sardinha ajuda a movimentar os pequenos negócios da Caponga

Os expositores do evento receberam capacitações do Sebrae/CE

A praia da Caponga recebe de hoje (5) até domingo (8) mais uma edição do tradicional Festival da Sardinha. O evento, que chega este ano a sua 12ª edição, tem um importante papel no fomento do turismo e no fortalecimento dos pequenos negócios do município de Cascavel. A expectativa da organização é que, durante os quatro dias, cerca de 10 mil pessoas circulem pela Caponga, superando a movimentação de visitantes e a geração de negócios do Carnaval e do Réveillon.

"No ano passado, as vendas no comércio foram duas vezes maiores do que no Carnaval, e a ocupação em hotéis e pousadas superou a do Réveillon, recebendo turistas nacionais e estrangeiros", diz Mamede Rebouças, coordenador geral do evento. "Neste ano, estamos defendendo a sustentabilidade econômica da Praia da Caponga. Ao todo, são 57 estandes vendendo produtos". O festival contará também com ações de incentivo social e de fomento à economia criativa e à gastronomia.

Todos os expositores são microempreendedores da região da Caponga e receberam capacitações realizadas pelo Sebrae/CE, em parceria com a Associação de Chefes de Cozinha do Ceará (ACC). "Temos uma parceria antiga com o Sebrae que tem sido muito importante para o desenvolvimento econômico da região", afirma Mamede Rebouças.

O Sebrae/CE também vem atuando no território, na qualificação dos produtos e serviços dos empreendimentos de alimentação e hospedagem, com o Programa Selo de Qualidade, e no fortalecimento do turismo da região por meio da Rota das Falésias.

Cultura

Além da gastronomia, as ações do Festival da Sardinha também são voltadas para o fomento do artesanato e cultura local. A exemplo dos anos anteriores, o concurso de desenho do festival é um dos principais destaques da programação. Ele é realizado com alunos de escolas públicas e privadas do distrito da Caponga, em Cascavel, incluindo os ensinos fundamentais I e II. Os trabalhos classificados serão estampados nas velas das jangadas que participam da regata de encerramento, no domingo. Os pescadores também participarão de um seminário sobre preservação ambiental e respeito ao defeso.

Estrutura

O festival conta com palco para shows, arenas de gastronomia e empreendedorismo e uma feira que faz alusão à Feira de São Bento, de Cascavel, que será realizada na Praça do Sardinhão, localizada na via que liga as praias de Caponga e Águas Belas. A proposta dos organizadores é oferecer ao público uma ampla variedade de pratos de baixo custo à base de sardinha com receitas criadas pelos chefs da região.

SERVIÇO

Festival da Sardinha

Data: 5 a 8 de dezembro

Hora: nos dias 5, 6 e 7, a programação vai das 18 horas até meia-noite. E no domingo (8) começa a partir de 10 horas, horário da regata de jangadas, finalizando às 15 horas

Local: Praia da Caponga

Com informações do Diário do Nordeste