Reconhecimento

Prêmio reconhece boas práticas de Educação Empreendedora em todo o país

A iniciativa é destinada a professores, secretários municipais e estaduais de educação, reitores, diretores e coordenadores em todos os níveis

Estão abertas até o dia 26 de abril as inscrições para a 1ª edição do Prêmio Nacional de Educação Empreendedora (PNEE). O prêmio é uma iniciativa do Sebrae, que visa a identificar, estimular, reconhecer e divulgar as melhores práticas da educação empreendedora no Brasil. Podem participar professores, reitores, diretores, coordenadores, secretários municipais ou estatuais de educação e profissionais envolvidos com o ensino formal.

A premiação, que está organizada em quatro categorias (ensino fundamental, médio, profissional e superior), acontecerá em três etapas. Na primeira, em nível estadual, após análise por banca avaliadora, serão selecionados os 20 melhores casos (cinco para cada categoria) em cada um dos 26 estados, além do Distrito Federal. Esses professores, gestores e diretores estarão automaticamente classificados para a etapa regional. Nessa fase, serão analisados os 108 projetos e indicados 60 finalistas do país, que passarão por banca avaliadora nacional, responsável por apontar os 12 ganhadores nacionais (1º, 2º e 3º lugares de cada categoria).

As melhores iniciativas estaduais e regionais serão reconhecidas com os troféus ouro, prata e bronze de cada categoria (ensino fundamental, ensino médio, ensino profissional e ensino superior). Já os melhores casos nacionais receberão, além de troféus, um convite para participar de uma missão técnica nacional (1º, 2º e 3º lugares). Por fim, para os 1º lugares em cada uma das quatro categorias, será concedida também uma oportunidade de apresentar o seu projeto em um evento de visibilidade nacional.

Inscrições

As inscrições devem ser realizadas pelo site educacaoempreendedora.sebrae.com.br. Elas devem ser acompanhadas da inserção de um relato do Caso, tendo no mínimo de 32 (trinta e duas) linhas (2160 caracteres mínimo) e no máximo 72 (setenta e duas) linhas (4320 caracteres), incluindo o título, se houver.

Todos os casos devem estar sendo realizados junto a alunos de instituições de ensino que atuem na formação do cidadão, de acordo com o artigo 32 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) no Brasil e com a lei 13.415 de 2017, reconhecidas pelo Ministério da Educação e que estejam estabelecidas formalmente há, no mínimo, um ano (data de abertura igual ou anterior a 01/07/2017, conforme consta no CNPJ): Ensino Fundamental, Médio, Profissional e Superior.

Os participantes podem fazer suas inscrições de forma individual ou constituindo equipes de no máximo 5(cinco) integrantes. Uma mesma instituição de ensino também poderá concorrer em todas as categorias e não há limite de inscrições de Casos.

PNEE

O Prêmio Nacional de Educação Empreendedora (PNEE) vem sendo implementado pelo Sebrae desde 2013. Nesses cinco anos, o número de capacitações realizadas pelo Programa soma mais de 4 milhões e 200 potenciais empreendedores e 165.498 professores, além de 9.077 instituições parceiras atendidas em todo país. Somente ano passado, foram 958.881 empreendedores e 45.673 professores.

No Ceará, desde 2013, o programa do Sebrae já levou o ensino do empreendedorismo para mais de 140 mil estudantes. Somente no ano passado, foram beneficiados mais de 40 mil alunos dos ensinos fundamental, médio e superior de escolas das redes públicas e privadas do estado.

SERVIÇO

Prêmio Nacional de Educação Empreendedora

As Inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 26 de abril pelo site educacaoempreendedora.sebrae.com.br