Reconhecimento

Programa da Rota das Emoções é finalista do Prêmio do Ministério do Turismo

Um total de 214 iniciativas e casos de sucesso foram inscritas na premiação

O programa de Monitoramento da Reputação dos Destinos da Rota das Emoções, desenvolvido pelo Sebrae é um dos três finalistas do Prêmio Nacional do Turismo 2018, na categoria Monitoramento e Avaliação do Turismo. Ao todo 21 iniciativas de todo o Brasil disputam a premiação do Ministério do Turismo, em sete categorias.  A divulgação dos vencedores do prêmio será realizada no próximo dia 5 de dezembro, em solenidade no Rio de Janeiro.

Um total de 241 iniciativas e casos de sucesso foram inscritas nas seguintes áreas: monitoramento e avaliação do turismo (16 projetos); qualificação e formalização no turismo (19); valorização do patrimônio pelo turismo (47); turismo de base local e produção associada ao turismo (46); turismo social (17); inovação tecnológica no turismo (28); e marketing e apoio à comercialização do turismo (35).

Para a articuladora do Sebrae na região Norte, Suilany Teixeira, a indicação entre os finalistas é um reconhecimento ao trabalho que vem sendo desenvolvido pela instituição no território da rota das emoções, baseado na metodologia de Destinos Turísticos Inteligentes. “O Sebrae vem buscando, juntamente com os empresários, levar a inovação para o ambiente da Rota das Emoções e este programa de monitoramento da reputação é um exemplo disso”.

Além do programa do Sebrae Ceará, Suilany destacou ainda a presença do programa Voucher Digital de Barreirinhas (MA), outra ação desenvolvida no território da Rota das Emoções que ficou entre os três finalistas do prêmio do Ministério do Turismo. O programa de iniciativa do Sebrae Maranhão, em parceria com a Prefeitura Municipal de Barreirinhas, ficou entre os finalistas na categoria Inovação Tecnológica no Turismo.

Indicados

Todas as iniciativas classificadas para a final do Prêmio Nacional do Turismo obedecem aos critérios adotados para a premiação, como terem sido criadas especificamente para o setor turístico e implementadas há menos de 24 meses. Outro critério para o caso de sucesso ter sido aceito pela comissão julgadora foi a apresentação de resultados de mensuração de impactos diretos ou indiretos no turismo. Confira os três selecionados por categoria, anunciados em ordem alfabética:

Monitoramento e Avaliação do Turismo:

- Contribuições do Turismo em Áreas Protegidas para a Economia Brasileira (ICMBio)

- Monitoramento da Reputação dos Destinos da Rota das Emoções (Sebrae-CE)

- Programa de Otimização de Performance (Secretaria de Cultura e Turismo de Salvador)

 

Qualificação e Formalização no Turismo:

- Jogo dos Biomas Gastronômicos (IF Brasília, Campus Riacho Fundo I)

- Programa de Integração com os Municípios (TurisRio)

- Projeto Verena (Senac-RN)

 

Valorização do Patrimônio pelo Turismo:

- 2ª etapa do Museu Cais do Sertão (Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer de Pernambuco)

- Museu Casa do Carnaval da Bahia (Secretaria de Cultura e Turismo de Salvador)

- Rede Brasileira de Trilhas de Longo Curso e Conectividade (ICMBio)

 

Turismo de Base Local e Produção Associada ao Turismo:

- Rota do Queijo – Terroir Vertentes (Associação do Circuito Turístico Trilha dos Inconfidentes)

- Rota Encantos Rurais de Quilombo (SC)

- Vivejar (SP)

 

Turismo Social:

- Acessibilidade como fator de inclusão social do Turismo (Terra dos Sonhos Empreendimentos Turísticos)

- Capacitação em Roteiros Inovadores para Turismo Social (SESC Rio de Janeiro - sede)

- “Inclusão” no 46º Festival de Cinema de Gramado (Autarquia Municipal de Turismo de Gramado)

 

Inovação Tecnológica no Turismo:

- Lance Hotéis

- Smart Tour Brasil

- Voucher Digital de Barreirinhas (Prefeitura de Barreirinhas/Sebrae-MA)

 

Marketing e Apoio à Comercialização do Turismo:

- E-Marketplace do Turismo Brasileiro (Gestour Travel Brasil)

- O Bom de Viajar (Brazil Hospitality Group)

- Plano de Desenvolvimento de Passageiros Riogaleão (Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro)