Valorize o Pequeno Negócio

Sebrae realiza ação em comemoração ao Dia da Micro e Pequena Empresa

No Ceará, foram realizadas visitas a corredores comerciais e pontos de concentração de pequenos negócios de Fortaleza e 54 municípios do estado

Colaboradores e parceiros do Sebrae/CE realizaram nesta quinta-feira (3) um dia de visitas a empreendedores da capital e de 54 municípios do interior cearense. A ação integra o Movimento Valorize o Pequeno Negócio, realizado pelo Sebrae em todo o país em alusão ao Dia da Micro e Pequena Empresa, comemorado no dia 5 de outubro. A ideia do Movimento é gerar proximidade com o empresariado local e estabelecer um relacionamento com proposição de oportunidades que promovam melhorias e fortalecimento dos pequenos negócios locais.

Os colaboradores do Sebrae aproveitaram as visitas para prestar orientações aos empreendedores, além de realizar um mapeamento dos principais desafios que cada empresário enfrenta e quais as soluções mais indicadas para resolver cada diferente situação. Entre os locais visitados, estavam corredores comerciais e pontos de concentração de pequenos negócios, como shoppings populares e mercados públicos em todas as regiões do estado.

A ação do Sebrae também visava reconhecer a importância dos Pequenos Negócios para o desenvolvimento do país. No Brasil, os pequenos negócios representam 99% do total de empresas privadas, ou seja, 14 milhões de empreendimentos. Esses negócios empregam 55% do total de trabalhadores com carteira assinada e são responsáveis por 27% do PIB.

Empregos

No que se refere a geração de empregos, de janeiro a agosto, os pequenos negócios geraram 541.700 empregos no país, saldo 15 vezes maior que o registrado pelas médias e grandes empresas. Somente no mês de agosto, de cada 10 empregos gerados no país, oito foram nos pequenos negócios.

Já o Ceará ficou em primeiro lugar da Região Nordeste no número de empregos gerados pelos pequenos negócios em agosto. Dos 4.525 empregos criados com carteira assinada durante o mês de agosto, 3.808 foram nas micro e pequenas empresas, o equivalente a 84% do total.

No acumulado dos sete primeiros meses do ano, o saldo de empregos com carteira assinada gerados pelos pequenos negócios no Ceará é de 9.043 vagas. No mesmo período, as médias e grandes empresas do estado acumulam um saldo negativo de 10.716 vagas encerradas.