Turismo

Selo de Qualidade tem crescimento de 50% no número de inscritos em Fortaleza

Em 2018, 38 empresas da capital cearense conquistaram a certificação do Sebrae

O Programa Selo de Qualidade em Serviços do Sebrae registrou um crescimento de 50% no número de empresas participantes em Fortaleza. Os números refletem o reconhecimento dos empresários dos segmentos de alimentação fora do lar, hospedagem e eventos, quanto ao papel desempenhado pelo programa na melhoria do padrão de qualidade dos produtos e serviços das empresas do setor turismo do Ceará, ao longo dos últimos 20 anos. Este ano, as ações de capacitação dos estabelecimentos da capital também estão conectadas com o projeto de fortalecimento do turismo Investe Turismo CE-Fortaleza.

Em 2018, o Programa Selo de Qualidade em Serviços do Sebrae certificou 140 hotéis, pousadas, restaurantes, bares e similares, barracas de praia e empresas organizadoras de eventos cearenses de todas as regiões do estado pela excelência na prestação dos serviços. Somente de Fortaleza, foram 38 empresas agraciadas com o Selo.

Para este ano, o programa contou com a inscrição de 60 empresas da capital, dos segmentos de alimentação fora do lar, hospedagem e eventos. Entre as empresas do segmento de eventos, o crescimento no número de inscritos foi de 100% em relação aos números do ano passado. O mesmo percentual de crescimento foi registrado entre os inscritos do segmento de hospedagem. Já o segmento de alimentação fora do lar, apresentou este ano uma ampliação de 31% no número de participantes no programa do Sebrae.

Todas as empresas de Fortaleza, assim como as demais inscritas das outras regiões do estado, passarão por um amplo processo educativo para empreendedores e funcionários, onde consultores especializados e credenciados ao Sebrae realizarão visitas técnicas nos estabelecimentos. Nestas visitas serão avaliados mais de 200 itens relacionados ao funcionamento dos estabelecimentos, como o estado das instalações físicas, atendimento às normas de segurança, armazenamento e manipulação de alimentos, destino dos resíduos, boas práticas de atendimento, treinamento de funcionários, entre outros quesitos.

Durante o processo do Selo, as empresas recebem relatórios com sugestão de melhorias e cada empresa participante também tem direito a capacitar dois colaboradores como auditor interno da qualidade, de forma a manter a excelência nos produtos e serviços da empresa. Além disso, as empresas que conseguirem cumprir mais de 80% dos requisitos em cada item avaliado poderão ser agraciadas com o Selo de Qualidade e participar da solenidade de entrega da certificação que é realizada sempre no final do evento.