Turismo

Sebrae lança projeto de destinos turísticos inteligentes para Fortaleza e RMF

A solenidade de lançamento contou com a presença do superintendente do Sebrae Ceará, Joaquim Cartaxo e da coordenadora nacional de turismo do Sebrae, Graziele Vilela

O Sebrae Ceará lançou na última terça-feira (11) o Projeto de Fortalecimento do Turismo para a capital cearense e municípios da Região Metropolitana de Fortaleza. A iniciativa tem o objetivo de elevar a competitividade e a sustentabilidade dos pequenos negócios que atuam na cadeia de valor do turismo, contribuindo para o desenvolvimento econômico do território. A solenidade de lançamento contou com a presença do superintendente do Sebrae Ceará, Joaquim Cartaxo, da coordenadora nacional de turismo do Sebrae, Graziele Vilela e do secretário adjunto do Desenvolvimento Econômico do Estado, Régis Medeiros. 

Para Joaquim Cartaxo, o novo projeto representa um grande desafio para a instituição pois coloca o turismo como vetor do desenvolvimento da região. “O turismo é uma das principais atividades econômicas da cidade e queremos fortalece-la ainda mais com as ações de apoio às empresas que atuam nesta cadeia de valor” Ele destacou ainda que o projeto de turismo da capital e da RMF irá se somar ao trabalho que já vem sendo feito pela instituição na estruturação de seis rotas turísticas no estado, sendo três no litoral, Rota das Emoções, Costa dos Ventos e Rota das Falésias, e três no interior, Rota da Ibiapaba, Rota do Cariri e Rota do Café. 

O projeto de turismo do Sebrae será baseado na modelagem de Destinos Turísticos Inteligentes, metodologia que nasceu na Espanha e está fundamentada em quatro pilares: Governança, Tecnologia, Experiência e Sustentabilidade. De acordo com a coordenadora nacional de turismo do Sebrae, Graziele Vilela, a nova realidade do mercado de turismo no mundo é marcada pela mudança nos hábitos de comportamento e consumo dos turistas, provocados principalmente pelo acesso a novas tecnologias. “Os empresários de negócios de turismo precisam estar atentos a este novo cenário, onde há um novo perfil de viajantes, cada vez mais conectado, com acesso a diversas formas de conhecimento dos destinos, das ofertas e das experiências compartilhadas por outros viajantes”. 

A coordenadora do projeto de turismo do Sebrae em Fortaleza, Ana Virginia Milhome, destacou que uma das principais tarefas do projeto será a promoção do acesso dos pequenos negócios a soluções tecnológicas e a inserção dos empreendimentos turísticos no mundo digital. “Uma das estratégias para que isso aconteça será a aproximação e estímulo a formação de parcerias estratégicas entre as empresas de turismo com as startups e empresas de tecnologia da informação e comunicação”. 

Segundo ela, estas ações também irão ajudar a promover a conectividade e interatividade para os pequenos negócios e para os destinos turísticos, de modo que eles possam oferecer experiências turísticas que encantem os viajantes. “Esta mudança ajuda a incrementar a qualidade da experiência turística do visitante, contribuindo também para uma boa imagem do destino, pois o turista satisfeito tem o poder de influenciar várias outras pessoas por meio das redes sociais e de outras formas de compartilhamento de informações”. 

Durante o lançamento do projeto, também foi realizada uma palestra com Adriano Sousa, sócio da empresa Deway especializada no desenvolvimento de softwares e aplicativos. Na oportunidade, ele falou sobre as possibilidades de inserção de startups no segmento de turismo e as contribuições que elas podem dar para o desenvolvimento das atividades relacionadas a esta cadeia de valor.